enquanto o post não vêm…

.

ouve o chamado?
vc está só
canta junto
não precisa saber do quê

reconhece

não diz nada
não precisa
apenas sorri

caminha junto
ultrapassa

olha nos olhos
o tempo pára
por um instante
continua

abre

.

.

.

fecha portas
na proporção exata

atravessa

reconhece
é reconhecido

canta
canta
canta
canta

prepara
aponta

essa é a sua guerra

corre
abandona
esvazia

dissolve
dissolve
dissolve

deixe de existir

você
você
você

e fim !

..

.

.

.

Anúncios

pausa musical II – não tem problema não conseguir arrombar a porta…

mas sim, ter força pra poder sonhar com o que há por detrás dela !

“Como é possível isto?
Que coisas tão grandes se mostrem em coisas tão pequenas?

E sorriu, percebendo que estava vendo coisas que nunca vira. Não, não é que nunca tivesse visto. Seus olhos as haviam notado, mas o seu coração não as havia acolhido. E ela compreendeu que o olho só vê aquilo que o coração deseja.”

(por Rubem Alves em “A Toupeira Que Queria Ver O Cometa”)

“O AMOR É FILME – parte II”
(o link para ivan mola e rubem alves está listado no canto direito)

“Pausa Musical”

DOIS BARCOS
a música é do Marcelo Camelo (Los Hermanos)

e o clip é um trabalho desse cara aqui….e eu estou completamente apaixonada pelo trampo dele !

Quem bater primeiro a dobra do mar
Dá de lá bandeira qualquer, aponta pra fé
E rema

É, pode ser que a maré não vire
Pode ser do vento vir contra o cais
E se já não sinto teus sinais
Pode ser da vida acostumar
Será? Morena?
Sobre estar só, eu sei
Nos mares por onde andei
Devagar
Dedicou-se mais o acaso a se esconder
E agora o amanhã, cadê?

Doce o mar, perdeu no meu cantar

“wolf´s rain” – parte II – lembrar para esquecer

ATRÁS, A PONTE QUEIMA !
À FRENTE, ELA NÃO EXISTE !
ONDE VC ESTÁ ?

olha no relógio
4 da manhã
teto em branco

é hora de parar

vira pro canto
finge dormir

é hora de parar

grito
cheiro
visão

parar ?

não há como esperar,
quando a música não para
e não há como parar a música,
quando é o coração que canta
não há descanso
aqueles que não esperam
são eles:
os des-esperados

salta
teto?
somente estrada
(re)cria
adapta
corre
a única parada é o finito
desse agora

que queima
que chama
que fere
que não para !

final?
não há final
somente estrada !

” A JORNADA MAIS LONGA DE QUALQUER UM, É A JORNADA PARA DENTRO ! “

“vire-se
e sinta o cheiro do que vc não vê
feche os olhos
é tão claro

Aqui está o espelho
Atrás dele há uma tela
E nos dois caminhos você pode penetrar

Não pense duas vezes antes de escutar seu coração
Siga a trilha (os rastros..) para um novo início

O que você precisa
E tudo que você sente
É só uma questão do acordo

No meio da tempestade você verá um pássaro solitário
A experiência de sobrevivência é a chave
Para a gravidade do amor

O caminho do excesso leva à Torre da Sabedoria

Tente pensar nisso
Esta é a chance de viver sua vida e descobrir
O que é
É a gravidade do amor

Olhe ao redor, apenas pessoas
Você pode ouvir suas vozes?
Encontre o que irá te guiar
Aos limites da sua escolha

Mas se você está no meio da tempestade
Apenas pense no pássaro solitário
A experiência de sobrevivência é a chave
Para a gravidade do amor”

(música por “Enigma”)

“Wolf´s Rain” – parte I

paraíso não existe
…em nenhum lugar deste mundo
no fim do mundo não há nada !
não importa o quanto vc caminhe
a mesma estrada continua pra sempre
mas…
se é só isso…
pq eu tenho esta vontade de continuar avançando?

na brisa gelada em que eu caminho
as memórias…uma geração que queima comigo
lá pra sempre…
já que eu chorei, a dor, a tristeza
eu vivo e morro orgulhoso do que minha matilha conquistou
estou aqui, em pé, sob o limite
e olhando pra cima
onde a lua deveria estar
abandonado !
sem arrependimentos, pq não tenho nada a perder
sempre abandonado !
então eu vou viver a minha vida do jeito que eu escolhi
até eu cair
abandonado !

– vc se estourou todo…
é a primeira vez que eu vejo um lobo enjaulado assim

– eu posso escapar disso facilmente.

– então pq vc foi pego?

– eu só queria descansar…para descansar.

– meu nome é hije…

– pq vc está nesse tipo de lugar?

– não há uma razão. só pq farejei que algo divertido pudesse acontecer…eu acho…
tbém pq não tenho outro lugar pra ir.

– pq vc não fica na sua verdadeira forma?

– pq nós somos o terror pra eles…se escondermos nossa verdadeira forma, podemos viver na sociedade humana.

– então vc vai viver assim, fingindo…reduzido a nada?

– eu faço isso pra continuar vivendo…
se continuar nessa forma, vai continuar a ser capturado…chama muita atenção!

– vc jogou fora o seu orgulho como lobo ?

– vc é bem estranho…mas se vc morrer, seu orgulho vai desmoronar !

tem sido uma longa estrada para se seguir
estando lá e se indo amanhã
sem dizer adeus para o ontem
outras memórias de esperança, ainda restam
ou será que as lágrimas as iludiram ?
talvez haja tempo amanhã
a chuva irá parar de cair
e a névoa vai se dissipar em mais um dia
pq a estrada continua a me dizer
pra continuar…
algo está me puxando
eu sinto a gravidade sobre o todo

***************(todo o texto retirado do anime “Wolf´s Rain”)


e se eu estivesse certa e vc estivesse errado?

carência é quando alguém culpa alguém pq as coisas acontecem, sabe?
bobinhos…
não percebem que nunca existem culpados…
ou que no último dos casos, o culpado é sempre vc mesmo ! de tudo !
explico:
não existem culpados pq a procura da culpa, vem sempre depois da escolha. se vc escolheu, não pode culpar !
e a culpa é sempre sua pq se não sabia como era (e não sabia – a gente nunca sabe), o que vc criou do que seria, obviamente, foi criação sua !
mas eu entendo, nos frustramos mesmo, quando criamos coisas que no fim das contas não existiam.
daí, sabe o que acontece ?
até o que não existia, passa a existir….pq foi criado, claro !
e uma criação sua, é sempre responsabilidade sua !
então tem que aguentar…
pois o difícil não é escolher, é se manter na escolha, seja ela qual for !
pq em qq caminho, existem pedras.
esse há de ser todo o ritual !